Como vender mais na Black Friday 2020

10/14/2020

Você sabe como vender mais na Black Friday 2020? O evento que chegou ao Brasil em 2010 tem sido um sucesso a cada ano que passa. Mas, para conquistar os números desejados é importante colocar em prática algumas ações, somente assim será possível atingir os números desejados.

Cada ano que passa mais pessoas estão conectadas à internet, seja por meio de computadores ou celulares. Por isso, as vendas do varejo online se tornam cada vez maiores. Bem como a confiança em fazer compras pela internet aumenta, trazendo incentivos para ampliar o sucesso desse evento.

Essa é uma data que faz parte do calendário do varejo, quase tão aguardada quanto as vendas de Natal. A Black Friday tradicionalmente é realizada na quarta sexta-feira de novembro e em 2020 acontecerá no dia 27 deste mês. Preparamos algumas dicas especiais que certamente vão ajudar os comerciantes durante esse período.

VEJA TAMBÉM: PagSeguro é confiável? Saiba como funciona

Black Friday aumenta as vendas a cada ano

A Black Friday começou em 2010 no Brasil, quando as vendas online movimentaram cerca de R$ 3 milhões. Os valores foram aumentando nos anos seguintes principalmente devido a dois motivos: mais empresas participando deste evento e mais pessoas confiando nas compras pela internet.

Em 2018, conforme números da Ebit Nielsen, as vendas feitas no e-commerce foram de R$ 2,6 bilhões para o período. Isso representou uma elevação de 23% em relação a 2017. Além disso, foram realizados 4,27 milhões de pedidos, o que representou um aumento de 13% e com tíquete médio de R$ 608.

O varejo brasileiro online faturou R$ 3,2 bilhões na edição de 2019, segundo dados da Ebit Nielsen. Isso representa uma elevação de 23,6% em relação a 2018. Contudo, o tíquete médio baixou para R$ 602. A região mais populosa do país, o Sudeste, foi responsável por 64% dos pedidos, seguida pelo Sul com 14%.

Mesmo em 2020, durante a pandemia de Covid-19, o número de vendas não deve deixar se subir. Aliás, as pessoas passaram a fazer mais compras pela internet, o que deve fazer com que os números fiquem ainda melhores neste ano. Então, se você quer saber como vender mais na Black Friday 2020, é bom se preparar com antecedência.

Como vender mais na Black Friday 2020? Tenha um site responsivo

Se você acompanha o Blog da EngajaTech deve saber que sempre recomendamos o desenvolvimento de um site responsivo. Ou seja, é importante que as páginas sejam adaptáveis facilmente para qualquer dispositivo. Desse modo, não importa se o usuário vai acessar por um computador ou celular, o conteúdo encontrado será o mesmo.

Em 2019 uma tendência for confirmada: 55% dos pedidos foram realizados por celulares, um aumento de 103% em relação a 2018. Desse modo, o faturamento apenas por dispositivos móveis foi de R$ 1,7 bilhão enquanto em 2018 havia sido de R$ 830 milhões, representando aumento de 95%. Mas, o tíquete médio desses consumidores é menor, com R$ 574.

Isso reflete bem a realidade brasileira quanto o acesso à internet, que é feito principalmente por dispositivos móveis. Conforme números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) Contínua), até 2019 três entre quatro brasileiros tinham acesso à internet. Os dados indicam que 79,3% dos brasileiros com mais de 10 anos tem celular, com ou sem internet.

O celular continua ganhando espaço no Brasil, diferente dos computadores com queda de 56,6% para 50,7% e dos tablets com queda de 14,3% para 12%. Ao todo são 134 milhões de pessoas conectadas à internet no Brasil. Ao considerar o uso de aplicativos que necessitam de internet, como Uber, o número sobe para 79%.

Afinal, como vender mais na Black Friday 2020?

Como vender mais na Black Friday 2020? Essa é a pergunta que os empreendedores querem saber a resposta. Preparamos 7 itens que devem ser considerados por empresas que pretendem aumentar o faturamento nesta época.

Algumas empresas inclusive apostam em uma estratégia de Black Week, com uma semana recheada de descontos especiais. É uma forma de conquistar clientes que já estão de olho nas compras para o Natal.

1.     Desenvolva uma campanha com antecedência

Uma das melhores ideias para vender mais na Black Friday 2020 é desenvolvendo uma pré-campanha, divulgando produtos que estarão com descontos. É uma forma de entregar mais resultados para o e-commerce, onde o esquenta traz promoções e novidade, para tornar o dia mais atrativo.

O problema é que em alguns casos essa pré-campanha pode gerar um impacto negativo, resultando em uma visão distorcida sobre como o público enxerga o e-commerce. A ideia é associar ao evento, então o melhor é fazer algumas semanas antes, em novembro.

2.     Venda mais barato do que os concorrentes

Na Black Friday os consumidores querem encontrar produtos com valores abaixo do preço convencional. Mas, é preciso tomar cuidado para que os lucros do seu negócio não sejam comprometidos. É preciso saber por quanto o concorrente está vendendo determinado item, se for muito mais barato do que o seu comércio, as chances de vendas serão menores.

Desse modo, faça uma análise prévia no site dos principais concorrentes e com isso prepare os descontos. Uma ideia é avaliar o valor cobrado de frete e o prazo de entrega, já que estes são dois itens importantes na hora de fazer uma compra pela internet.

3.     Ofereça frete grátis

A Black Friday passa por inovações a cada ano, então talvez uma ideia seja oferecer frete grátis para determinados produtos. Essa é uma forma de vender itens que estavam parados no seu estoque. Quando o cliente percebe que não vai precisar desembolsar um valor como frete, a chance de finalizar a compra é maior.

Ao oferecer frete grátis para determinado item, o desconto talvez não precisa ser tão robusto. Os clientes mais atentos farão o cálculo e vão perceber que ao comprar na sua loja é mais vantajoso do que na concorrente. Ou então, negocie com as empresas de entrega, para que os valores dos fretes sejam mais baixos.

4.     Tome cuidado com o excesso de dados solicitados

A LGDP está em vigência desde setembro. Conforme a nova lei, as empresas devem solicitar apenas informações necessárias durante um cadastro. Por exemplo, não é preciso perguntar a orientação sexual do cliente, se isso não é fundamental para a venda do produto.

Então, tome muito cuidado com os dados que são exigidos durante os cadastros. Além disso, quanto menos informações você solicitar, mais rapidamente o usuário poderá finalizar o pedido e realizar a compra. As pessoas querem praticidade, cada nova tela antes de finalizar um pedido reduz a chance de concluir a ação.

5.     Aposte em gatilhos mentais

Você já ouviu falar em gatilhos mentais? Eles são usados durante a elaboração de estratégias de marketing e servem para aumentar o interesse do público por determinado produto. A estratégia da Black Friday 2020 pode contar com diversos gatilhos mentais.

Por exemplo, colocar no site um relógio que marca uma contagem regressiva para o fim de uma oferta é uma boa ideia. A sua empresa também pode apostar na quantidade de vendas já realizadas de determinado produto. Ou então indicar quantas unidades ainda estão disponíveis.

6.     Faça uma boa estratégia de marketing digital

Uma ideia é começar a trabalhar a estratégia de marketing digital com 30 dias de antecedência. É mais fácil vender para pessoas que já são clientes da sua loja do que para quem nunca fez uma compra. Então, faça uma avaliação prévia na sua base de clientes, trabalhando com e-mail marketing e WhatsApp.

O marketing digital pode ajudar a divulgar o produto que tem o maior desconto na sua empresa. A estratégia pode ser bastante agressiva, a fim de aumentar bastante o número de vendas neste período.

7.     Seja transparente

Uma estratégia péssima adotada por empresas é aumentar o preço alguns dias antes da Black Friday e depois baixar. Então, a pessoa pagará "metade do dobro", contando com um falso desconto.

É algo que serve apenas para prejudicar a imagem do seu negócio. É preciso que as promoções sejam verdadeiras, ainda mais que agora existem sites que mostram o preço dos produtos em dias anteriores.

A Black Friday 2020 deve servir como uma queima de estoque, vendendo produtos por preços imperdíveis.

LEIA MAIS: Como otimizar o seu site

Entender como vender mais na Black Friday 2020? Existem muitas outras questões que podem ser colocadas em prática para chegar lá. Se você quer saber mais, vá até o fim desta página e clique em “QUERO CRESCER”. Não perca tempo e aumente os lucros da sua empresa!



Aplique nossa metodologia e cresça até 200% no ano. Veja se sua região está disponível para consultoria, clicando no botão abaixo:
Quero crescer